A Provocação do Fake

“Fake-me” está pronto. Acho que está. Nunca sei. 

Eu gosto. Não mudaria muita coisa. Uma impressão unânime é a de que o filme parece ter menos tempo, o que é bom. Existem defeitos que, dentro de um contexto ambicioso de um ponto de vista conceitual, tornam-se qualidades. Não dizemos exatamente o que queremos dizer com o que estamos mostrando, ao mesmo tempo em que queremos dizer exatamente o que estamos mostrando, entende? Essa era a minha intenção. Se ficou bom, é outra história. Mas eu não deveria estar falando estas coisas. Não adianta nada somente eu achar isso.

Haverá uma exibição em dezembro. Possivelmente no dia 9. Provavelmente na FACOM. Levarei minhas caixas.

Marcus

Anúncios

Uma resposta para “A Provocação do Fake

  1. Pingback: Página não encontrada | CUAL·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s